quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Tontura, dor de cabeça, náusea = falta de umidade e vitaminas.

Esse tempo está me matando, gente! Sinto falta de ar, tontura, náuseas e dor de cabeça... credo! Que vontade de ter uma piscina em casa... Ninguém merece essa secura!

Férias são boas, mas para voltar à rotina, dá um trabalho!!! Acho que me enchi de tantas obrigações, que quando paro por uns dias, demoro a me reencontrar nas 24h que tenho num dia. Mas tudo está se organizando! Agora... levantar cedo não é trem de gente não. Deus... pra que isso??? 



Novos exames - estive, essa semana, na Dra Mariana (nutricionista do Dr Sérgio Arruda) para levar meus exames de sangue e ver sobre meu aumento de peso, pois não consigo estabilizar e fico sempre entre 62 e 64kg. Ela disse que isso é normal e que estou muito bem. O exame demosntrou que minha vitaminas D, cálcio e B12 estão baixas e vou ter que tomar medicação. O problema é que passo mal com o cálcio e vamos ver como fazer. E como já não tenho estado bem por causa da secura, pensa...

Peço orações para duas meninas especiais:
Dra. Mariana, parabéns pela gravidez!
Carine, minha funcionária, parabéns também!
Que essa gestação seja repleta de tranquilidade e que os bebês cheguem dando-lhes imensas alegrias.

Por hoje é só. Bjos e FUI...

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Cabeça de gorda é de lascar!

Não tem jeito, minha gente. Não adianta nada passar por um processo bariátrico, cirurgia plástica, academia, um esforço danado para perder os 40 quilos que perdi, se a cabeça não mudou. E eu sei que mudar cabeça de gordo não é tarefa fácil, porque o modo como "vemos e buscamos" a comida, vem desde a infância... ERRAAAAAADO! Sempre comemos errado e, por isso engordamos tanto e brigamos a vida toda para emagrecer.

Veja só: na semana passada, eu e meu marido resolvemos descer até a cozinha para comer algo antes de dormir. Ele, que sempre foi magro, colocou numa vasilha  uma manga, uma maçã e uma banana, A palhaça aqui, que sempre foi gorda (até 2 anos e meio atrás), colocou numa vasilha leite com sucrilhos e um pedaço de bolo bombocado. Agora pense comigo... quem comeu corretamente?

Resposta: ELEEEEEEEE! Pior: eu sei que foi ele, mas fui no automático e, esse ir no automático é que está quebrando as minhas pernas. Tenho diariamente me estressado com a balança. Tenho também diariamente comido mais do que dou conta (e corro para o banheiro para "colocar pra fora") e exagerado no doce (e olha que tenho dumping!). Acho que estou regredindo, ficando doida, precisando de uma peia mesmo... porque com esse tipo de alimentação, é claro que aumentei dois quilos e bati na casa dos 64kg, de novo, no último sábado. Resultado: fiquei danada da vida comigo, pois o comer sem cuidado só faz eu vomitar, reter líquido, ficar com o intestino preso, engordar e ficar p. da vida comigo. Vi que precisava mudar rápido.

Para melhorar tudo, hoje me surpreendi com minha filha Júlia. Ela me perguntou se estou com bulimia!! HÃM? Como assim? Ela tem 9 anos de idade!!! Descobri tambem que ela sabe quando vomito, porque fica na porta do banheiro e conta quantas vezes dei descarga no vaso! Jesus! Esse não é o exemplo que quero dar a ela. Estou pasma! Preciso mudar isso hoje, agora, já.

Então meu desafio da 2ª quinzena de agosto (faço aniversário dia 29/8) é voltar aos 62 kg e mantê-los sem perder massa magra. Para isso, vou: 
  1. Voltar a comer num prato pequeno e devagar;
  2. Parar com o doce em excesso;
  3. Dar preferência às frutas, folhagens e verduras;
  4. Não faltar a academia e pegar mais firme no aeróbico (só estava fazendo a musculação);
  5. Evitar, a todo custo, ficar vomitando por comer errado.
Sei que tenho que ensinar minha filha a ser feliz e a se alimentar bem, e não a ficar comendo e vomitando, por pura palhaçada minha. Ressalto que não é a cirurgia que me faz vomitar, e sim a minha irresponsabilidade e total inconsequencia com a alimentação e, principalmente, com os meus limites.

Obrigada às pessoas que me visitam e me dão força em seus comentários. Conto com vocês para me manter na linha e magrinha, como diz minha mãe querida.

Tudo de bom. Bjos.

domingo, 7 de agosto de 2011

Comer correndo... pra que mesmo???

Hoje, fomos almoçar na casa da minha mãe. Ela fez galinha caipira (adoooooro!). O problema é que, mais uma vez, cometi a burrada de comer rápido e vomitar tudo. Que raiva!! Fico pensando no porque de permanecer no mesmo erro, a vida toda (operei há 2 anos e meio!). Caramba! Eu sei muito bem que tenho que comer a quantidade de um prato de sobremesa e que tenho que comer devagar...
Tive a graça de não ter problemas com nenhuma comida ou bebida, mas insisto em errar na hora de comer, me distrair batendo papo e engolir pedaços grandes, que resultam no famoso ENTALAR! Aí, vocês já sabem né... É burrice minha mesmo, admito! Mas, graças a Deus, estou ótima agora e preciso mentalizar que PRECISO ME CONTROLAR!

Essa semana relaxei no controle aos doces e aumentei um quilo de novo. Estou com 63kg... ARGHHHHH!
Lá vou eu de novo, segurar a onda e voltar aos 62kg. É assim mesmo gente! As pessoas magras, geralmente, não ficam comendo doce, bolo e, se ganham um quilo, o perdem logo. Como eu sou magra (aleluia!!!) tambem controlo bem direitinho, para me manter assim SEMPRE!

Vou ficando por aqui. Vou à missa!

Bjos.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Dor de cabeça!

Sentir dor de cabeça DIARIAMENTE  já se tornou normal para mim. É uma dorzinha fina, mas suportável, causada geralmente por mal posicionamento do meu pescoço. Um médico me afirmou que tenho a cervical invertida e que isso causa mesmo essas dores de cabeça e tenho sentido grande melhora com a fisioterapia associada à musculação.

Já observei que sinto dor de cabeça quando durmo de travesseiro (não consigo dormir sem ele), quando trabalho com a cabeça baixa (teclando muito, por exemplo ou quando a tela do computador não esta em linha reta com a minha visão) e quando assisto TV de lado (tenho que ficar de frente). A tensão também me dá dor de cabeça. Como faço tudo isso constantemente, sinto dor de cabeça sempre.

Melhoro quando tomo medicamentos (prefiro não citá-los, para não instigar o uso sem receita), vou à fisioterapia e coloco compressas quentes. Mas nao é trem de gente sentir dor de cabeça todo dia não. Ai ai ai, viu!

PS.: Não tome medicamentos sem receita médica.

Bjos.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Meter o "pé na jaca"... não tem preço!

BOA NOITE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Gente,

sumir não deveria ser normal por aqui, não é mesmo? Mas pense num semestre complicado e muito, muito cansativo. De qualquer forma, eis-me aqui e vamos aos fatos.
 
Ganhei um pouco de peso e, confesso, até gostei no início. No entanto, fiquei MUITO preocupada quando a balança chegou aos 64,8kg. Eu estava com 58kg!!
Com 58kg (45 kg off!), eu estava muito magra, mas não via isso. Só vi quando tiraram umas fotos minhas em fevereiro, com uma blusinha de alça, bermuda e rabo de cavalo... credo! Eu estava só osso!
Voltei com toda força para a academia, passei a consumir proteína com carboidrato e consegui ganhar peso magro rápido. Até os 62kg, eu estava feliz. Aí, desembestei a comer doces... o meu consumo de comida também aumentou e passou a ser muito raro o "passar mal" com a comida ou o "ficar entalada"! Voltei a ficar beliscando besteira e aí... a equação é fácil: quem come errado, ENGORDA!
Meu limiar quanto ao dumping x doces tambem aumentou e, claro, passei a comer + doces. E a balança, como minha fiel e verdadeira amiga, me mostrou o estrago. Fora as roupas que começaram a ficar apertadas. As calças, no início, foram as coxas que cresceram com a musculação mesmo, mas depois, foi o resultado da comelança besta e sem propósito que fez com que ficassem cada vez mais apertadas (não saí do 38, galera. Aí seria demais pra mim!). Com 64,8kg, quase pirei. Fechei a boca e vi todo mundo me dizendo que eu estava louca, que estava ficando anoréxica, que ia ficar doente, mas eu sei o quanto foi difícil a trajetória para ficar magra e a troca de 100% do meu guarda-roupa. Meu marido também me perguntou se eu estava engordando... pirei! O pior é que parece que só engordo a barriga e as coxas, gente!  
Graças a Deus, com uma semana de boca fechada voltei, hoje, aos 62,3kg (uhuuuuuuu!!!).
O que eu fiz?

  1. Passei a comer a metade de tudo que ia comer;
  2. Parei de comer doces (diminuí 95%!!);
  3. Aumentei o consumo de água (diminui o de refrigerante!);
  4. Aumentei o consumo de fibras, proteínas magras e verduras;
Ah! Como fiquei satisfeita comigo quando subi na balança e vi 62,3kg!!!!!!!! Eu sou demais!!!!!! Amei! 

Aí, como uma ex-gorda que se preze, meti o pé na jaca e fui comer um fondue de morango com chocolate. Adivinha... DUMPING!!! Mas era tão óbvia essa crise! Eu comi um copo de morango com chocolate... a própria consciência pesou (o peso de um hipopótamo) e saí correndo para o banheiro na vã tentativa de colocar tudo pra fora e melhorar logo. Tudo em vão. A digestão foi tão imediata, que não saía nada... bebi um mundo de água, e mesmo assim, nada! Resultado: a pressão abaixou, o mundo rodou, meu estômago pirou e eu tive que aguentar caladinha... Melhorei depois de uma hora!
Pior! Fui pra academia e corri quase uma hora (esteira, eliptico e bicicleta) só para queimar essa palhaçada minha! Vou te contar, viu! Bom para relembrar!

Ah! Vamor torcer para minha irmã, Márcia, que começou uma dieta hoje e vai conseguir vencer essa etapa e ficar magrinha de novo!

Parabéns também à Fabíola pela indicação do blog na Veja. Adorei! Ela merece demais!

Volto aqui ainda essa semana!

Bjos.

Fotos novas!


Acima, eu com 95 kg, no meu aniversario de 38 anos. Depois, eu e meu sobrinho, Gabriel, em fevereiro de 2011 (41 anos), na fazenda, com 58kg. Sempre feliz, né! Graças a Deus!



Suplementos para hipertensos... pode?

Olá! Como você está? Tenho tido uns picos de pressão alta e isso me fez pesquisar sobre alimentação e suplementos para hipertensos. Olha...

Adsense

Pesquisar este blog

Arquivo de postagens!

Google Ads

Leia-me onde estiver!